skip to main content

Modernização capitalista e reprodução social da classe trabalhadora na periferia de Salvador/BA o Pero Vaz e as formas e práticas derivadas da escravidão

James Amorim Araújo Amelia Luisa Damiani

2010

Disponible en FFLCH - Fac. Fil. Let. e Ciências Humanas    (Disponível apenas onine )(Obténgalo)

  • Título:
    Modernização capitalista e reprodução social da classe trabalhadora na periferia de Salvador/BA o Pero Vaz e as formas e práticas derivadas da escravidão
  • Autor: James Amorim Araújo
  • Amelia Luisa Damiani
  • Materias: TRABALHADORES (ASPECTOS SOCIAIS) -- SALVADOR (BA); PERIFERIA; CAPITALISMO
  • Notas: Tese (Doutorado)
  • Descripción: Esta tese se propôs a pesquisar a reprodução social da classe trabalhadora na periferia da metrópole soteropolitana. O objetivo era compreender, no bojo do processo de modernização capitalista, o relacionamento entre as formas sociais de reprodução com as práticas da classe trabalhadora a partir de duas dimensões específicas: a do habitar e a do trabalho. Para tanto, buscamos dialogar com duas abordagens teóricas: a marxista de Henri Léfèbvre e a da resistência de Michel de Certeau. Este trabalho se compõe de cinco capítulos, além da introdução e considerações finais. No primeiro apresentamos nosso referencial teórico-metodológico. No segundo e terceiro capítulos são descritas as formas e práticas de reprodução da classe trabalhadora, respectivamente, nos níveis espaciais da cidade e do bairro. O quarto capítulo é o dedicado à análise formal do objeto. Enquanto no quinto a análise é de caráter dialético. Concluímos que parte significativa da reprodução da classe trabalhadora na periferia ocorre através de formas e práticas derivadas da escravidão, porque é uma condição necessária e contraditória da modernização capitalista típica em nossa formação social
  • Fecha de creación: 2010
  • Formato: 330 p il., + fig. apêndices.
  • Idioma: Portugués

Buscando en bases de datos remotas, por favor espere