skip to main content

Autoria em rede um estudo dos processos autorais interativos de escrita nas redes de comunicação

Beatriz Cintra Martins Artur Matuck

2012

Localização: ECA - Escola de Comunicações e Artes    (t808.02 M386a (corrigida) )(Acessar)

  • Título:
    Autoria em rede um estudo dos processos autorais interativos de escrita nas redes de comunicação
  • Autor: Beatriz Cintra Martins
  • Artur Matuck
  • Assuntos: AUTORIA; CRIAÇÃO COLETIVA; PROCESSAMENTO DE TEXTO; ESCRITA (TÉCNICAS DIGITAIS); COMUNICAÇÃO DIGITAL
  • Notas: Tese (Doutorado) ; Bibliografia
  • Descrição: As redes de comunicação têm impulsionado um significativo deslocamento nos processos autorais de escrita, que adquirem nova dinâmica no meio digital, apresentando-se cada vez mais como uma ação interativa entre diferentes agentes criadores. Com base no pensamento de Michel Foucault sobre o tema da autoria, esta tese explora o significado desse deslizamento da posição do autor, ou da função-autor como propõe o filósofo, estruturada atualmente em uma rede de interações. A fim de construir uma reflexão sobre esse fenômeno, parte-se da pesquisa sobre a historicidade do conceito de autoria, buscando explorar as diversas constituições das práticas sociais da produção textual através da história, desde a Antiguidade até o momento atual das redes eletrônicas. Neste percurso, a Modernidade é reconhecida como o período específico no qual o processo autoral adquire uma configuração mais centrada no indivíduo, época em que também ganha espaço a noção de obra fechada e proprietária. Compreendendo a constituição da história como um processo complexo no qual se correlacionam diversas dimensões de acontecimentos, alguns aspectos que se articulam com esta questão são aprofundados na forma de intertextos. Deste modo, são abordados em diferentes capítulos os seguintes temas: as especificidades da linguagem do meio digital e suas implicações para a questão autoral; as transformações nas formas de criação e circulação dos bens intelectuais trazidas pelo advento do capitalismo cognitivo; as novas formas de validação da produção textual discursiva em publicações eletrônicas que estão sendo criadas como alternativas ao modelo editorial centralizado típico do meio impresso. Por último, com o objetivo de trazer elementos empíricos para a pesquisa, foram realizados estudos de observação participante e de observação nos sites Wikipédia e Overmundo, e também desenvolvidos um blog e um experimento wiki especialmente
    para a pesquisa. Com base nestes estudos, foi proposta uma tipologia da autoria interativa em rede, a saber: a colaborativa, quando o processo autoral se dá através do trabalho de duas ou mais pessoas que interagem na elaboração de um texto de forma cooperativa; e a dialógica, quando pode ser observada a interação dialógica entre um texto principal e intervenções na forma de comentários, compondo ao final um todo discursivo. Assim, através da articulação de diferentes reflexões teóricas com a pesquisa empírica, buscou-se compor um estudo abrangente do atual fenômeno da autoria interativa nas redes de comunicação.
  • Data de criação/publicação: 2012
  • Formato: 153 p. (original) ; 155 p. (corrigida) il.
  • Idioma: Português

Buscando em bases de dados remotas. Favor aguardar.