skip to main content

Estudo das lâminas de pedra polidas do Brasil diversidades regionais e culturais

Gustavo Neves de Souza Marisa Coutinho Afonso

2013

Localização: MAE - Museu Arqueologia e Etnologia    (TESE-MAE )(Acessar)

  • Título:
    Estudo das lâminas de pedra polidas do Brasil diversidades regionais e culturais
  • Autor: Gustavo Neves de Souza
  • Marisa Coutinho Afonso
  • Assuntos: INDÚSTRIA LÍTICA -- BRASIL; CULTURA MATERIAL -- BRASIL; ARTEFATOS (ARQUEOLOGIA) (ANÁLISE COMPARAÇÃO) -- PARÁ SÃO PAULO MINAS GERAIS SANTA CATARINA PARANÁ; ARQUEOLOGIA PRÉ-HISTÓRICA -- BRASIL; ARQUEOLOGIA EXPERIMENTAL; ARQUEOLOGIA REGIONAL
  • Notas: Tese (Doutorado)
  • Notas Locais: Arqueologia
  • Descrição: No presente trabalho realizamos uma análise das lâminas líticas polidas produzidas pelos habitantes pré-históricos no território brasileiro, provenientes de diferentes regiões, grupos e modos de vida. A partir do estudo de coleções arqueológicas e de experimentações pretendemos compreender melhor as diferenças e semelhanças apresentadas por estas lâminas polidas em cada região e suas resistência a testes de impacto em laboratório. Analisamos coleções brasileiras do Norte (Amazônia), Nordeste (Cerrado e Caatinga principalmente), Sudeste (Mata Atlântica e Cerrado) e Sul (Litoral/Sambaquis). O material Amazônico é sobretudo proveniente do Pará, sob guarda do Museu Paraense Emílio Goeldi (Belém, Pará). O material da Mata Atlântica e do Cerrado (São Paulo e Minas Gerais) está sob guarda do Museu de Arqueologia e Etnologia da USP e do Museu de História Natural e Jardim Botânico da Universidade Federal de Minas Gerais; o material de Mata, Cerrado e Caatinga do Nordeste no Museu de Arqueologia e Etnologia da Universidade Federal da Bahia; e o material do litoral (sambaquis de Santa Catarina e do Paraná) no Museu Arqueológico de Sambaqui de Joinville (Santa Catarina). Esta análise abarca os aspectos tecnológico, morfológico e funcional, no intuito de determinar os tipos recorrentes em cada região e compreender os processos de fabricação e uso dos mesmos. Realizamos então uma comparação entre os materiais provenientes de cada grande área, apresentada por biomas diversificados e ocupadas por diferentes grupos, buscando as recorrências e as dessemelhanças no conjunto artefatual polido. Em seguida expomos os resultados dos testes de compressão e de impacto realizados em uma das principais rochas identificadas entre as utilizadas na confecção dos artefatos.
  • Data de criação/publicação: 2013
  • Formato: 250 p anexos.
  • Idioma: Português

Buscando em bases de dados remotas. Favor aguardar.