skip to main content

Processos de Difusão Política e Legitimidade no Mercosul: Mimetismo Institucional e Mecanismos de Internalização de Normas Comunitárias

Medeiros, Marcelo de Almeida ; Meunier, Isabel ; Cockles, Mariana

Contexto Internacional, 01 August 2015, Vol.37(2), pp.537-570 [Periódico revisado por pares]

Texto completo disponível

Citações Citado por
  • Título:
    Processos de Difusão Política e Legitimidade no Mercosul: Mimetismo Institucional e Mecanismos de Internalização de Normas Comunitárias
  • Autor: Medeiros, Marcelo de Almeida ; Meunier, Isabel ; Cockles, Mariana
  • Assuntos: International Relations ; Mercosul ; Difusão Política ; União Europeia ; Legitimidade ; Mercosur ; Policy Diffusion ; European Union ; Legitimacy ; History & Archaeology ; International Relations
  • É parte de: Contexto Internacional, 01 August 2015, Vol.37(2), pp.537-570
  • Descrição: Resumo Desde sua fundação em 1991, o Mercosul tem sido caracterizado por seus mecanismos intergovernamentais e pelo processo de tomada de decisão fundado no consenso. Uma vez que esta dinâmica situa os Executivos ¬na-cionais no centro do processo de integração, levantam-se questões concernentes à representação e à legitimidade no estudo da instituição regional. Partindo do conceito de fenômenos de difusão política, o artigo aborda a busca por legitimidade por meio do mimetismo: testa-se a hipótese de que os intercâmbios plurais do Mercosul com a União Europeia criam tanto regras internas importando o modelo europeu, quanto cooperação técnica difundindo práticas institucionais. O desenho institucional influenciado por uma organização mais antiga e consolidada pode ser instrumentalizado como uma fonte de legitimidade, fomentada por funcionários do Mercosul e comunidades epistêmicas. Entretanto, essas normas regionais são diferentemente incorporadas pelos Estados-membros, motivo pelo qual, em um segundo momento, o trabalho confronta os resultados da análise da difusão institucional no Mercosul com dados sobre a efetiva internalização dessas normas, objetivando desta forma desvelar como se estabelece a ponte entre a busca por legitimidade regional e a eficácia doméstica da normativa. O resultado da análise empírica empreendida no contexto do marco teórico adotado mostra que existe um canal de transferência política entre a União Europeia e o Mercosul, atuando por meio de: (i) regras internas que importam diretamente o modelo europeu; (ii) cooperação técnica difundindo práticas institucionais; (iii) harmonização normativa de modo a favorecer in¬terações futuras.
  • Idioma: Português

Buscando em bases de dados remotas. Favor aguardar.