skip to main content

Praia dos Ingleses 1: Arqueologia subaquática na Ilha de Santa Catarina, Brasil (Parte 2); Praia dos Ingleses 1: Underwater Archaeology at Santa Catarina Island, Brazil (Part 2)

Noelli, Francisco Silva; Monteiro, Patrícia Cardoso; Viana, Alexandre

Revista do Museu de Arqueologia e Etnologia; n. 21 (2011); 293-314

Universidade de São Paulo. Museu de Arqueologia e Etnologia 2011-12-09

Acesso online

  • Título:
    Praia dos Ingleses 1: Arqueologia subaquática na Ilha de Santa Catarina, Brasil (Parte 2); Praia dos Ingleses 1: Underwater Archaeology at Santa Catarina Island, Brazil (Part 2)
  • Autor: Noelli, Francisco Silva; Monteiro, Patrícia Cardoso; Viana, Alexandre
  • Assuntos: Underwater Archaeology; Maritime History; Colonial Brazil; Arqueologia Subaquática; História Marítima; Brasil Colonial
  • É parte de: Revista do Museu de Arqueologia e Etnologia; n. 21 (2011); 293-314
  • Descrição: Este trabalho é a continuidade do artigo publicado na Revista do Museu de Arqueologia e Etnologia (Noelli, Viana, Moura 2009), onde apresentamos: 1) a metodologia de arqueologia subaquática aplicada na escavação de um naufrágio na Praia dos Ingleses, Ilha de Santa Catarina; 2) os primeiros resultados da análise dos achados; 3) a pesquisa histórica sobre o contexto do naufrágio e da identificação da embarcação. Apresentaremos, agora, os dados que confirmam a hipótese que testávamos em 2009: que o barco pesquisado era aquele que as fontes históricas indicavam ser o liderado por Thomas Frins e mais sete ingleses, acusados de pirataria no Vice-Reino do Peru (1687) e no Brasil (1688).
    This work is a second part of the article published by Revista do Museu de Arqueologia e Etnologia (Noelli, Viana, Moura 2009), where we presented: 1) the methodology applied in underwater archeology excavation of a shipwreck on the Praia dos Ingleses, Island of Santa Catarina, Brazil; 2) the first results of the data analysis; 3) the historical research on the wreck context and the identification of the vessel. Now we will present the data that support the hypothesis tested in 2009: that the researched boat was the one which the historical sources indicated be sailed by Thomas Frins and seven englishmen accused of piracy in the Viceroyalty of Peru (1687) and Brazil (1688).
  • DOI: 10.11606/issn.2448-1750.revmae.2011.89978
  • Títulos relacionados: https://www.revistas.usp.br/revmae/article/view/89978/92753
  • Editor: Universidade de São Paulo. Museu de Arqueologia e Etnologia
  • Data de publicação: 2011-12-09
  • Formato: Adobe PDF
  • Idioma: Português

Buscando em bases de dados remotas. Favor aguardar.