skip to main content
Tipo de recurso Mostra resultados com: Mostra resultados com: Índice

The Epigrams IG3 503 and 504: a reappraisal; Os epigramas IG3 503 e 504: uma reavaliação

Brose, Robert De

Revista do Museu de Arqueologia e Etnologia; n. 18 (2008); 239-257

Universidade de São Paulo. Museu de Arqueologia e Etnologia 2008-12-09

Acesso online

  • Título:
    The Epigrams IG3 503 and 504: a reappraisal; Os epigramas IG3 503 e 504: uma reavaliação
  • Autor: Brose, Robert De
  • Assuntos: Epigraphy; Epigram; Classical Philology; Simonides; Marathon; Epigrafia; Epigrama; Filologia Clássica; Simônides; Maratona
  • É parte de: Revista do Museu de Arqueologia e Etnologia; n. 18 (2008); 239-257
  • Descrição: The purpose of this article is to summarize and reevaluate the scholarship on IG3 503/504, attributed to Simonides of Ceos, through a bringing together of the results of the archaeological research (mainly through Epigraphy) and those of Classical Philology and History. One main point of this article is to show how the hypothesis that the inscriptions were made by two different engravers is untenable and, in so doing, assess how this assumption impacts upon our present view of the epigrams’ character and function. It also shall be argued that the monument on which the epigrams were written was of a commemorative character, rather than funereal, and that accordingly it could have never stood in the Athenian public cemetery, the Ceramicus. Furthermore the possibility that the epigrams were designed for a war memorial or even a religious offering shall be also taken into account.
    O objetivo do presente artigo é reunir e reavaliar a produção intelectual sobre os epigramas IG3 503/504, atribuídos a Simônides de Ceos, integrando os resultados obtidos pela Arqueologia, principalmente através da Epigrafia, àqueles da Filologia Clássica e da História. Um dos objetivos principais deste artigo é demonstrar que a hipótese de que as inscrições tenham sido feitas por artesões distintos é insustentável e, a partir daí, avaliar como isso causa impacto em nossa idéia da natureza e função dos epigramas. Reforçar-se-á o caráter comemorativo, não-fúnebre, dos mesmos e demonstrar-se-á que eles não poderiam ter sido inscritos em um monumento a ser colocado no Cerâmico de Atenas. Por outro lado, aventar-se-á a possibilidade de as inscrições terem feito parte de um monumento de guerra ou oferenda votiva.
  • DOI: 10.11606/issn.2448-1750.revmae.2008.89838
  • Títulos relacionados: https://www.revistas.usp.br/revmae/article/view/89838/92629
  • Editor: Universidade de São Paulo. Museu de Arqueologia e Etnologia
  • Data de publicação: 2008-12-09
  • Formato: Adobe PDF
  • Idioma: Português

Buscando em bases de dados remotas. Favor aguardar.