skip to main content

Ciências humanas e medicina: as contribuições da história para a formação e a prática do médico; Human science and medicine: the contribution of history to medical education and practice

Mota, André; Schraiber, Lilia Blima

Revista de Medicina; v. 91, n. 3 (2012); 189-193

Universidade de São Paulo. Faculdade de Medicina 2012-09-18

Acesso online

  • Título:
    Ciências humanas e medicina: as contribuições da história para a formação e a prática do médico; Human science and medicine: the contribution of history to medical education and practice
  • Autor: Mota, André; Schraiber, Lilia Blima
  • Assuntos: História Da Medicina; Ciências Humanas/História; Ciências Humanas/Educação; Educação De Graduação Em Medicina/História; Educação Médica; History Of Medicine; Humanities/History; Humanities/Education; Education; Medical; Undergraduate/History; Education; Medical
  • É parte de: Revista de Medicina; v. 91, n. 3 (2012); 189-193
  • Descrição: Este artigo trata das possíveis contribuições da História para os profissionais e estudantes da Medicina. Incluindo-se no interior do atual debate acerca da importânciado ensino das Humanidades para a formação do futuro médico, identificam-se as particulares contribuições dessa disciplina científica para aprofundar o conhecimento da Medicina como prática ao mesmo tempo técnico-científica e social. Examinando-se em especial a perspectiva do cuidadocomo produto da prática do médico, no exercício de sua profissão, define-se esta noção de cuidado e justifica-se a tomada dos estudos sobre as práticas de saúde para considerar as contribuições da História. Nesse sentido, mostra-se metodologicamente de que modo a História das Práticas de Saúde diferencia-se dos estudos acerca da História das Ciências e também dos estudos de corte memorialista, ainda que guarde relações com ambos. São examinadas três categorias da análise histórica, a saber, as permanências, as rupturas e a circularidade, mostrando-se como se expressam relativamente à abordagem do adoecimentocomo experiência do paciente em interação com a construção da doença com base na nosografia médica, como experiência do médico. Tal construção interativa, facultada pelos aportes da História, permitem a configuraçãodo encontro clínico e da relação médico-paciente necessários à produção do cuidado.
    ABSTRACT: Falta This article deals with the contributions of History as a scientific discipline for professionals and students of medicine. It is included inside of the current debate about the importance of teaching the Humanities for future doctor, inside which were identified the particular contributions of History to the knowledge of Medicine as a scientific, a technical and a social practice at the same time. By examining in particular the health care as an outcome of the medical practice in the exercise of this profession, the notion of care is defined, and based on it the approach of studies on health practices is justified for the exam the contributions of History. In this sense, it is pointed out how methodologically the history of health and medical practices differs from the history of science and also of the studies on memory, although having relations with both. Three categoriesof historical analysis were examined: the historical stays, the historical breaks and the circularity, showing how to express themselves with regard to approach the illness as patient experience in interaction with the construction of the disease based on medical experience. Such interaction provided by the historical contributions allows creating the specific setting of the clinical encounter, and of the doctor-patient relationship, necessary to reach a good care.
  • DOI: 10.11606/issn.1679-9836.v91i3p189-193
  • Títulos relacionados: https://www.revistas.usp.br/revistadc/article/view/58981/88823
  • Editor: Universidade de São Paulo. Faculdade de Medicina
  • Data de publicação: 2012-09-18
  • Formato: Adobe PDF
  • Idioma: Português

Buscando em bases de dados remotas. Favor aguardar.