skip to main content

Sepultamientos y Rituales Funerarios entre los Pueblos Celtiberos; Burials and funerary rituals among Celti-berian people; Sepultamentos e Rituais Funerários entre os Povos Celtiberos

Trombetta, Silvana

Mare Nostrum (San Paulo); v. 9, n. 1 (2018); 95-114

Universidade de São Paulo. Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas 2018-04-17

Acesso online

  • Título:
    Sepultamientos y Rituales Funerarios entre los Pueblos Celtiberos; Burials and funerary rituals among Celti-berian people; Sepultamentos e Rituais Funerários entre os Povos Celtiberos
  • Autor: Trombetta, Silvana
  • Assuntos: Historia; História Antigua; Arqueología; Celtiberos; Enterramentos; Rituales; History; Ancient History; Archaeology; Celtiberians; Burials; Rituals; História; História Antiga; Arqueologia; Arqueologia; Celtiberos; Enterramentos; Rituais
  • É parte de: Mare Nostrum (San Paulo); v. 9, n. 1 (2018); 95-114
  • Descrição: Archaeological studies of Celtiberian burials endeavor to elucidate funerary practices with regard to the criteria used for selection of the artifacts found in tombs such as swords, dag-gers, and spindles, and similarly for the methods of incineration and disposal of the bodies. There were simple tombs where mortal remains were placed in holes dug directly in the earth and marked with funerary stele as well as others where bones were selectedprior to disposal in urns. In this context, are particularly important the necropoles of La Mercadera(in which 40% of the tombs contain weapons), Carratiermes (with tombs dating from the 6thcentury BC to the 1st cen-tury AD that hold vast documentary material), and Numancia (where some urns containing pre-selected bones and tombs containing fibulae showing horsemen displaying severed heads sus-pended from de horse’s neck suggest the existence of rites with complex symbolism).
    As pesquisas arqueológicas sobre os sepultamentos celtiberos buscam elucidar as práticas funerárias no que diz respeito ao critério utilizado para escolha dos objetos depositados nas sepulturas (espadas, punhais, adagas, fusos) bem como os processos de incineração e deposição do cadáver. Havia sepultamentos primários cujos restos mortais eram colocados em buracos diretamente escavados na terra e marcados por estelas funerárias e outros secundários nos quais os ossos eram previamente selecionados antes da deposição em urnas cinerárias. Neste sentido, são particularmente importantes as necrópoles de La Mercadera (na qual 40% dos enterramentos possuíam armas), Carratiermes (com enterramentos do século VI a. C ao I d.C. que proporcionam uma vasta documentação material) e Numância (na qual a existência de urnas cinerárias com ossos pré-selecionados e a presença nos enterramentos de fíbulas com representações de cavaleiros carregando cabeças cortadas sugerem ritos marcados por uma complexa simbologia).
  • DOI: 10.11606/issn.2177-4218.v9i1p95-114
  • Títulos relacionados: https://www.revistas.usp.br/marenostrum/article/view/145222/139390
  • Editor: Universidade de São Paulo. Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas
  • Data de publicação: 2018-04-17
  • Formato: Adobe PDF
  • Idioma: Português

Buscando em bases de dados remotas. Favor aguardar.