skip to main content
Tipo de recurso Mostra resultados com: Mostra resultados com: Índice

Práticas de gestão e representações sociais do administrador: algum problema?; Management and social representation practices of the administrator: any problem?

Borges, Jacquelaine Florindo; Medeiros, Cintia Rodrigues De Oliveira; Casado, Tania Universidade De São Paulo

Cadernos EBAPE.BR, v.9, n.spe1, p.530-568, 2011

Fundação Getúlio Vargas, Escola Brasileira de Administração Pública e de Empresas 2011

Acesso online

  • Título:
    Práticas de gestão e representações sociais do administrador: algum problema?; Management and social representation practices of the administrator: any problem?
  • Autor: Borges, Jacquelaine Florindo; Medeiros, Cintia Rodrigues De Oliveira; Casado, Tania
  • Universidade De São Paulo
  • Assuntos: Ética Empresarial; Dilemas; Paradoxos; Representações Sociais; Comportamento Organizacional; Business Ethics; Dilemmas; Paradoxes; Social Representations; Organizational Behavior
  • É parte de: Cadernos EBAPE.BR, v.9, n.spe1, p.530-568, 2011
  • Descrição: Nós examinamos, neste artigo, as representações sociais de estudantes de graduação em administração para situações em que a ética e a competitividade estão presentes de forma paradoxal. O objetivo do estudo é identificar como o sentido construído pelos estudantes sobre o que é a administração, a organização e o papel do administrador os leva a um determinado posicionamento simbólico acerca deste paradoxo. Tal problemática é examinada à luz da Critical Management Education e da Teoria das Representações Sociais. Nosso estudo é de natureza qualitativa e utilizamos como procedimentos metodológicos o teste de associação de palavras, o completion test para a análise de cinco casos noticiados pela mídia escrita e televisiva e a construção de desenhos-tema. Os resultados evidenciam o posicionamento simbólico ambíguo e contraditório dos estudantes em relação ao papel do administrador e à prática de gestão adequada nas referidas situações.
    In this article we examine the social representations of Brazilian graduate students of Business Administration regarding situations in which ethics and competitiveness are paradoxically present. The aim of this study is to identify how the meaning, constructed by students, of what Administration is, as well as an organization, and the role of the administrator leads them towards certain symbolic positions concerning this paradox. This problematization is examined by means of the Social Representation Theory, as well as by Critical Management Education. Our study is qualitative in nature, and the methodological procedures used are: a word association test, a completion test for the analysis of five cases reported by the printed and televised media, and the construction of theme drawings. The results show that students have an ambiguous and contradictory symbolic position regarding not only the role of the administrator, but also the appropriate management practice in these situations.
  • DOI: 10.1590/S1679-39512011000600006
  • Títulos relacionados: Cadernos EBAPE.BR
  • Editor: Fundação Getúlio Vargas, Escola Brasileira de Administração Pública e de Empresas
  • Data de publicação: 2011
  • Idioma: Português

Buscando em bases de dados remotas. Favor aguardar.