skip to main content

Brasil, como é praxe, abre os trabalhos da Assembleia Geral da ONU Michel Temer, em fim de mandato, abre os trabalhos da ONU com popularidade em baixa

Pedro Bohomoletz de Abreu Dallari

Rádio USP Globalização e Cidadania São Paulo 26 set. 2018

São Paulo, SP USP 2018

Item não circula. Consulte sua biblioteca.(Acessar)

  • Título:
    Brasil, como é praxe, abre os trabalhos da Assembleia Geral da ONU Michel Temer, em fim de mandato, abre os trabalhos da ONU com popularidade em baixa
  • Autor: Pedro Bohomoletz de Abreu Dallari
  • Assuntos: Organização das Nações Unidas (ONU) Assembleia Geral (AGNU); DIREITOS HUMANOS; TRATADOS INTERNACIONAIS
  • É parte de: Rádio USP Globalização e Cidadania São Paulo 26 set. 2018
  • Notas: Disponível em: . Acesso em: 11 dez. 2018;Colunista da Rádio USP
  • Notas Locais: A Biblioteca do IRI possui cópia digital do áudio da coluna
  • Descrição: Na coluna Globalização e Cidadania desta semana, o professor Pedro Dallari trata da abertura dos trabalhos da Organização das Nações Unidas (ONU), ou seja, a abertura oficial do trabalhos da Assembleia Geral da entidade. Durante alguns meses, geralmente no final do ano, os representantes dos mais de 190 países integrantes da ONU se reúnem em sua sede em Nova York e discutem os assuntos mais relevantes da agenda global. Isso ocorre desde 46 – uma vez que a ONU foi criada em 45 – ininterruptamente. E, ao discutir assuntos globais e aprovar resoluções, introduz aspectos relevantes para a vida da população mundial. Exemplos: todos os principais tratados de direitos humanos foram aprovados pela Assembleia Geral, assim como as conferências ambientais, inclusive a Conferência do Rio, que deu a largada para a mudança climática.
  • Editor: São Paulo, SP USP
  • Data de publicação: 2018
  • Formato: on-line.
  • Idioma: Português

Buscando em bases de dados remotas. Favor aguardar.