skip to main content

Arqueologia guarani no litoral central de Santa Catarina

Müller, Isabela Da Silva

Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP; Universidade de São Paulo; Museu de Arqueologia e Etnologia 2019-05-13

Acesso online. A biblioteca também possui exemplares impressos.

  • Título:
    Arqueologia guarani no litoral central de Santa Catarina
  • Autor: Müller, Isabela Da Silva
  • Orientador: Villagran, Ximena Suarez
  • Assuntos: Arqueologia Guarani; Tecnologia; Lugar; História; Fluorescência De Raios-X; Etnologia; Etnohistória; Guarani Archaeology; History; Ethnology; Place; Technology; Ethnohistory; X-Ray Fluorescence
  • Notas: Dissertação (Mestrado)
  • Notas Locais: Programa de Pós-graduação em Arqueologia
  • Descrição: A dissertação propõe a construção de uma história indígena guarani de longa duração no litoral central catarinense a partir de uma Arqueologia do Lugar Guarani. Para isso, são analisadas duas coleções cerâmicas provenientes da ilha de Santa Catarina (Florianópolis): a coleção Travessão do Rio Vermelho (TRV) (escavada entre os anos de 2013 e 2014 pela equipe do Laboratório de Estudos Interdisciplinares em Arqueologia - LEIA/UFSC) e a coleção Lagoinha do Rio Tavares I (RT) (escavada nos anos 1965 e 1966, portanto, durante o PRONAPA, pelo Professor Doutor Walter Fernando Piazza). Essas coleções são analisadas conjugando a análise tecnológica e a arqueometria (por fluorescência de raios-x), ressaltando a importância da coordenação de diferentes métodos e da interdisciplinaridade na Arqueologia. A discussão e o objetivo são alcançados a partir das análises das coleções e dos lugares (sítios arqueológicos) e da interseção entre Arqueologia, História, Etnologia e Etnohistória. Nesse sentido, é verificado que as análises tecnológica e de fluorescência de raios-x se demonstraram complementares para a discussão dos processos de produção das vasilhas (tendo na composição da pasta o eixo elementar para essa interpretação) bem como possíveis usos das vasilhas. Foi possível tratar de escalas de produção, de um locus de manipulação de alimento da vida coletiva no teko\'á e de um outro locus na periferia da aldeia relacionado à morte na cultura guarani. Ao buscar as particularidades dentro da estrutura presente na cerâmica guarani, foi evidenciada uma clara diferenciação entre as coleções em termos micro (material arqueológico em si) e macro (o material arqueológico e o lugar, o sítio arqueológico).
  • DOI: 10.11606/D.71.2019.tde-22072019-124139
  • Editor: Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP; Universidade de São Paulo; Museu de Arqueologia e Etnologia
  • Data de publicação: 2019-05-13
  • Formato: Adobe PDF
  • Idioma: Português

Buscando em bases de dados remotas. Favor aguardar.