skip to main content

Eficácia de diferentes protocolos de indução da ovulação e de intervalos de inseminação em vacas de corte submetidas à IATF

Crepaldi, Gabriel Armond

Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP; Universidade de São Paulo; Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia 2009-09-14

Acesso online. A biblioteca também possui exemplares impressos.

  • Título:
    Eficácia de diferentes protocolos de indução da ovulação e de intervalos de inseminação em vacas de corte submetidas à IATF
  • Autor: Crepaldi, Gabriel Armond
  • Orientador: Baruselli, Pietro Sampaio
  • Assuntos: Dispositivo Intravaginal De Progesterona; Estradiol; Iatf; Indutor De Ovulação; Estradiol; Ftai; Intravaginal Progesterone Device; Ovulation Inductor
  • Notas: Dissertação (Mestrado)
  • Descrição: Objetivando reduzir o manejo em protocolos de inseminação artificial em tempo fixo (IATF), quatro experimentos foram realizados para avaliar a dinâmica folicular (Experimentos 1A e 1B) e a taxa de concepção (TC; Experimentos 2, 3 e 4) em vacas de corte tratadas com Cipionato (CE) ou Benzoato (BE) de estradiol como indutores da ovulação. No Experimento 1A, 51 animais receberam 2mg de BE e um dispositivo intravaginal de progesterona (DIB) novo no D0. No D8, os animais foram distribuídos entre quatro tratamentos (G-BE8, G-BE8,5, G-BE9 e G-CE8). Neste dia, o dispositivo foi removido, 0,530mg de Cloprostenol e 300UI de eCG foram administrados [manhã (M) no G-BE8, G-CE8 e G-BE9; tarde (T) no G-BE8,5]. As vacas do G-CE8 receberam 1,0mg de CE, as do G-BE8 e G-BE8,5 receberam 1,0mg de BE na retirada do DIB, e aquelas do G-BE9 receberam 1,0mg de BE 24 horas após. Análises ultra-sonográficas foram realizadas a cada 12 horas, da retirada do dispositivo até a ovulação. Foram utilizados os PROC GLM e GLIMMIX do SAS para análise estatística. Nos experimentos não foram observadas interações. Os resultados para G-BE8, G-CE8, G-BE8,5 e G-BE9 foram, respectivamente: diâmetro do folículo ovulatório (FO;11,9±0,4b; 14,3±0,4a; 12,3±0,4b; e 13,3±0,abmm; P=0,01), taxa de ovulação (TO;100%; 90,0%; 100% e 91,7%; P=0,99] e intervalo retirada/ovulação (IRO;58,3±2,1b; 72,0±2,0a; 57,6±1,3b e 72,0±0,0ah; p<0,001). No Experimento 1B (n=35), foi utilizado arranjo fatorial 3x3 [números de uso do DIB vs protocolos de indução da ovulação (PIO)]. No D0, os animais foram divididos em três grupos [DIB novo (DIBN), usado 8 (DIB8) e 16 dias (DIB16)]. Na retirada do DIB, os animais foram redistribuídos para os PIOs descritos no Experimento 1A (exceto G-BE8). Os resultados para G-CE8, G-BE8,5 e G-BE9 foram, respectivamente: FO (14,0±0,6; 13,8±0,6 e 13,6±0,5mm; P=0,88), TO [81,8%; 83,3% e 83,3%; P=0,93] e IRO (72,0±2,0a; 59,6±1,6b e 73,2±1,2ah; p<0,01). Os resultados para DIBN, DIB8 e DIB16 foram respectivamente: FO (13,8±0,7; 13,5±0,6 e 13,9±0,5mm; P=0,99), TO [90,9%; 83,3% e 75,0%; P=0,93] e IRO (74,4±1,6a; 72,0±0,0ab e 68,0±2,0bh; P=0,02). No Experimento 2, 584 animais foram alocados em fatorial 3x2 [PIO (CE8, BE8,5 e BE9) e período de IATF (IATF-M ou IATF-T)], utilizando DIBN. Não houve diferença na TC: CE8 (57,5%), BE9 (59,9%) e BE8,5 (49,5%; P=0,09) e IATF M (56,6%) ou T (54,8%; P=0,66). No Experimento 3, 521 vacas foram divididas como no Experimento 2, porém com DIB8. Não houve diferença na TC nos PIOs: CE8 (47,3%), BE9 (53,3%) e BE8,5 (55,2%; P=0,10). Porém, houve diferença na TC para IATF-M (60,7%) ou IATF-T (48,3%; P=0,01). No Experimento 4, 1192 vacas foram distribuídas em fatorial 2x3x2 (DIBN e DIB8; BE8,5, BE9 e CE8; IATF-M e IATF-T). Não houve diferença na TC para: IATF-M (64,6%) ou IATF-T (59,5%; P=0,06) e PIOs; CE8 (65,8%), BE9 (61,8%) e BE8,5 (58,6%; P=0,12). Entretanto, houve diferença na TC (P=0,04) para uso do DIB; DIBN (65,0%) e DIB8 (59,4%). Esses resultados indicam que os PIOs apresentam mesma eficiência. Com DIB8, a IATF-T apresentou menor TC e o uso de DIB8 resultou em menor TC do que DIBN.
  • DOI: 10.11606/D.10.2009.tde-17122009-133943
  • Editor: Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP; Universidade de São Paulo; Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia
  • Data de publicação: 2009-09-14
  • Formato: Adobe PDF
  • Idioma: Português

Buscando em bases de dados remotas. Favor aguardar.