skip to main content

Crescimento econômico e desigualdade de renda no estado de São Paulo: uma análise das disparidades regionais

Pinto, Jeronymo Marcondes

Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP; Universidade de São Paulo; Faculdade de Economia, Administração e Contabilidade de Ribeirão Preto 2007-12-13

Acesso online. A biblioteca também possui exemplares impressos.

  • Título:
    Crescimento econômico e desigualdade de renda no estado de São Paulo: uma análise das disparidades regionais
  • Autor: Pinto, Jeronymo Marcondes
  • Orientador: Diniz, Eliezer Martins
  • Assuntos: Coeficiente De Gini; Desigualdade De Renda; Índices De Theil; Gini`S Coeficient; Income Inequality; Theil Indexes
  • Notas: Dissertação (Mestrado)
  • Descrição: Esta pesquisa visa realizar uma radiografia da desigualdade de renda no estado de São Paulo a partir da base de dados disponibilizada pelos Censos de 1991 e 2000. Nesse sentido, avaliar-se-á qual o valor dos indicadores de desigualdade de renda para os diferentes níveis de agregação existentes no Estado disponibilizados pelo Censo. No caso, a metodologia aplicada é a mesma utilizada por Bourguignon e Morrisson em seu trabalho seminal \"Inequality among world citizens: 1820 - 1992\" (2002), que ressalta o fato de que os estudos sobre a desigualdade mundial são, em sua maioria, simplistas demais ao só considerarem a desigualdade de renda entre países, mas não levar em conta desigualdade dentro dos mesmos. Assim, baseados nos indicadores tratados em Bourguignon (1979), os autores estimam a desigualdade entre países e dentro dos países, dado que a soma de ambas seria igual à desigualdade de renda total. A presente pesquisa faz a mesma análise, mas tendo como foco o estado de São Paulo ao invés do mundo e utilizando-se da variável rendimento mensal domiciliar - dada pelo Censo - dividida pelo número de moradores por domicílio. A radiografia da desigualdade de renda no Estado é feita nos seguinte níveis de agregação: Mesorregiões, Microrregiões, Municípios. Além disso, a presente pesquisa visa descrever a desigualdade de renda existente entre diferentes tipos de áreas existentes em um território - sendo essas delimitadas pelo IBGE - tentando avaliar como a dicotomia Urbano\\Rural se refletiria no que diz respeito à evolução da desigualdade de renda nesses setores. Por último, a presente pesquisa visa avaliar a desigualdade de renda domiciliar total existente entre domicílios com um mesmo número de moradores, visando mensurar a variação de bem-estar entre os anos de 1991 e 2000, a partir da pressuposição que a renda é uma boa proxy de bemestar.
  • DOI: 10.11606/D.96.2007.tde-25042008-091311
  • Editor: Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP; Universidade de São Paulo; Faculdade de Economia, Administração e Contabilidade de Ribeirão Preto
  • Data de publicação: 2007-12-13
  • Formato: Adobe PDF
  • Idioma: Português

Buscando em bases de dados remotas. Favor aguardar.