skip to main content

Importância de polimorfismos de genes reguladores de citocinas em transplantes de células progenitoras hematopoiéticas; Importance of regulatory cytokine gene polymorphisms in hematopoietic stem cell transplantation

Visentainer, Jeane Eliete Laguila; Sell, Ana Maria; Franceschi, Danilo Alessio; Lieber, Sofia Rocha; Souza, Cármino Antonio De

Revista Brasileira de Ciências Farmacêuticas; v. 44, n. 4 (2008); 739-748

Universidade de São Paulo. Faculdade de Ciências Farmacêuticas 2008-12-01

Acesso online

  • Título:
    Importância de polimorfismos de genes reguladores de citocinas em transplantes de células progenitoras hematopoiéticas; Importance of regulatory cytokine gene polymorphisms in hematopoietic stem cell transplantation
  • Autor: Visentainer, Jeane Eliete Laguila; Sell, Ana Maria; Franceschi, Danilo Alessio; Lieber, Sofia Rocha; Souza, Cármino Antonio De
  • Assuntos: Polimorfismo Genético; Citocinas; Doença Do Enxerto Contra O Hospedeiro; Células Progenitoras Hematopoiéticas^I1^Stranspla; Genetic Polymorphisms; Cytokines; Graft-Versus-Host Disease; Hematopoietic Stem Cell^I2^Stransplantat
  • É parte de: Revista Brasileira de Ciências Farmacêuticas; v. 44, n. 4 (2008); 739-748
  • Descrição: A compatibilidade genética HLA entre doador e receptor é um fator importante para o sucesso do transplante de células progenitoras hematopoiéticas (TCPH). No entanto, outros genes não-HLA estão sendo investigados em relação ao seu papel na incidência e gravidade da doença do enxerto contra o hospedeiro e na sobrevida, por modularem a intensidade da inflamação e os danos teciduais. Estes genes, não-HLA, incluem os genes de citocinas com polimorfismos dentro das seqüências 5' ou 3' regulatórias dos genes. Os polimorfismos ou microssatélites podem alterar a ligação dos fatores de transcrição aos sítios dentro dos genes promotores e a quantidade de citocina produzida. Este estudo revisa o papel potencial destes polimorfismos genéticos relativos às citocinas em prever o curso do TCPH.
    HLA genetic matching of donor and recipient is an important requirement for optimizing outcome following hematopoietic stem cell transplantation (HSCT). However, other non-HLA genes are being investigated for their role in graft-versus-host disease incidence and severity and in survival, by modulating the intensity of inflammation and tissue injury. These non-HLA-encoded genes include cytokine genes with polymorphisms within the 5' or 3' regulatory sequences of the genes. The polymorphisms or microsatellites may alter the transcription factor binding sites within the gene promoters and the amount of cytokine produced. This chapter summarizes the potential role of these genetic polymorphisms regarding the cytokines in predicting outcome of HSCT.
  • DOI: 10.1590/S1516-93322008000400021
  • Títulos relacionados: https://www.revistas.usp.br/rbcf/article/view/44348/47969
  • Editor: Universidade de São Paulo. Faculdade de Ciências Farmacêuticas
  • Data de publicação: 2008-12-01
  • Formato: Adobe PDF
  • Idioma: Português

Buscando em bases de dados remotas. Favor aguardar.