skip to main content

Produtividade, custo e lucro na produção de leite no Brasil

Ponchio, Leandro Augusto

Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP; Universidade de São Paulo; Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz 2006-03-09

Acesso online. A biblioteca também possui exemplares impressos.

  • Título:
    Produtividade, custo e lucro na produção de leite no Brasil
  • Autor: Ponchio, Leandro Augusto
  • Orientador: Barros, Geraldo Sant Ana de Camargo
  • Assuntos: Custo Econômico; Fator Sócio-Econômico; Leite – Produção; Lucro; Produção Leiteira; Profit; Milk – -Production; Milk Production; Economic Cost; Social Economic Factors
  • Notas: Dissertação (Mestrado)
  • Descrição: O contínuo aumento na produção leiteira, associado à diminuição no número de produtores na atividade, acaba por levantar um questionamento no tocante à produtividade. Afinal, quais os fatores socioeconômicos que podem estar afetando esta produtividade? A fim de investigar mais sobre o assunto, o presente trabalho analisou o comportamento das funções de produtividade, de custo e de lucro. Além das variáveis econômicas propriamente ditas - como escala de produção, nível e tipo de tecnologia, essas funções incluíram algumas especificidades do produtor - como escolaridade, idade, experiência, domicilio etc. Para sintetizar tais especificidades, utilizou-se o método dos componentes principais da análise fatorial. Em seguida, os fatores obtidos foram incorporados nos modelos de lucro, custo e da produtividade. As variáveis econômicas tiveram efeito predominante sobre a produtividade. Observaram-se ganhos moderados de escala, que reduzem os custos e aumentam os lucros. Dessa forma, há uma tendência moderada de longo prazo de expansão de volume produzido em maiores propriedades, ficando os pequenos produtores em desvantagem competitiva. A permanência desses produtores na atividade dependerá da capacitação que venham a receber, o que costuma ser oferecido por cooperativas e laticínios. Esse treinamento deveria ser estendido também aos filhos. Investimentos nesse sentido trariam ganhos na receita e um impacto social positivo por reter o jovem no campo e/ou prepará-lo para que, em melhores condições, busque outras formas de ocupação nas áreas urbanas.
  • DOI: 10.11606/D.11.2006.tde-11042006-170042
  • Editor: Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP; Universidade de São Paulo; Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz
  • Data de publicação: 2006-03-09
  • Formato: Adobe PDF
  • Idioma: Português

Buscando em bases de dados remotas. Favor aguardar.