skip to main content

Alma, corpo e a antiga civilização grega: as primeiras observações do funcionamento cerebral e das atividades mentais

Castro, Fabiano S ; Landeira-Fernandez, J

Psicologia: Reflexão e Crítica, January 2011, Vol.24(4), pp.798-809 [Periódico revisado por pares]

Texto completo disponível

Citações Citado por
  • Título:
    Alma, corpo e a antiga civilização grega: as primeiras observações do funcionamento cerebral e das atividades mentais
  • Autor: Castro, Fabiano S ; Landeira-Fernandez, J
  • Assuntos: Physics, Multidisciplinary ; Relação Mente-Corpo ; Relação Mente-Cérebro ; Grécia Antiga ; História Da Neurociência ; Mind-Body Relationship ; Mind-Brain Relationship ; Ancient Greece ; History of Neuroscience ; Psychology
  • É parte de: Psicologia: Reflexão e Crítica, January 2011, Vol.24(4), pp.798-809
  • Descrição: Muitos dos conceitos existentes na neurociência moderna possuem suas origens nas especulações elaboradas pelos antigos filósofos e médicos gregos. Questões centrais sobre a fonte dos pensamentos humanos, o mecanismo da atividade cognitiva, e a natureza das emoções, percepção e movimento voluntário, por exemplo, foram levantadas pelos pensadores gregos. É a partir desta civilização que surgem as observações mais sistemáticas sobre a estrutura e o funcionamento do corpo, da mente e a relação entre estas duas entidades. Assim, o presente trabalho pretende observar as principais tentativas iniciais gregas em vincular estruturas do corpo (tais como o cérebro ou o coração) e atividades mentais, ao longo das diversas especulações gregas sobre a natureza, a filosofia, a psicologia e a medicina.
  • Idioma: Português

Buscando em bases de dados remotas. Favor aguardar.