skip to main content
Tipo de recurso Mostra resultados com: Mostra resultados com: Índice

Influência do acabamento de preparos para coroas totais com microscópio operatório na adaptação marginal de restaurações em cerâmica tipo CAD-CAM

Oliveira, José Pedro Peixoto De Spohr, Ana Maria

Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul ; Porto Alegre 2008

Texto completo disponível

Citações Citado por
  • Título:
    Influência do acabamento de preparos para coroas totais com microscópio operatório na adaptação marginal de restaurações em cerâmica tipo CAD-CAM
  • Autor: Oliveira, José Pedro Peixoto De
  • Spohr, Ana Maria
  • Assuntos: Odontologia ; Materiais Dentários ; Cerâmica Dentária ; Prótese Dentária ; Microscópios ; Cad/Cam - Computação ; Coroas (Odontologia)
  • Descrição: Este estudo teve o objetivo de avaliar a adaptação de infra-estruturas de cerâmica Lava (3M/ESPE) com três diferentes tipos de acabamento em preparos para coroa total. Trinta pré-molares humanos, extraídos por razões terapêuticas, foram fixados em blocos de resina acrílica e divididos aleatoriamente em três grupos (n=10) de acordo com o procedimento para realizar os preparos: grupo 1 - ponta diamantada; Grupo 2 - ponta diamantada e broca multi-laminada; Grupo 3 - ponta diamantada e broca multi-laminada, sendo este último instrumento com o uso do microscópio operatório em aumento de 12,5 vezes. Os preparos foram moldados com silicone por adição e os modelos obtidos em gesso especial tipo IV. Os modelos foram enviados para o laboratório da 3M/ESPE, o qual confeccionou os casquetes de cerâmica Lava. As infra-estruturas foram cimentadas nos dentes preparados com RelyX Unicem, sendo então incluídos em blocos de resina acrílica e cortados em dois planos: mésio-distal e vestíbulo-lingual. Desta forma, obteve-se quatro fragmentos, sendo que cada fragmento forneceu duas regiões para observar a discrepância das margens. Por meio de lupa estereoscópica, acoplada a uma câmera de vídeo, foram obtidas imagens digitais da região das margens em aumento de 70 vezes. As medidas de adaptação marginal foram realizadas no programa Image Tool. De acordo com ANOVA e teste de Tukey (α=0,05), não houve diferença estatística entre os Grupo 1 (88,601 μm) e Grupo 2 (90,946 μm). A menor média foi obtida para o Grupo 3 (58,497 μm), diferindo estatisticamente dos outros dois grupos. Pôde-se concluir que o emprego do microscópio operatório favoreceu a melhor adaptação marginal nos casquetes de cerâmica Lava.
  • Editor: Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul ; Porto Alegre
  • Data de publicação: 2008
  • Idioma: Português

Buscando em bases de dados remotas. Favor aguardar.