skip to main content
Primo Search
Search in: Busca Geral

O poder politico na energia e relacoes internacionais: o dificil equilibrio entre o direito e a busca de seguranca do Estado brasileiro

Altahyde Hage, Jose Alexandre

Revista Brasileira de Politica, Jan, 2008, Vol.51(1), p.169(18) [Periódico revisado por pares]

Texto completo disponível

Citações Citado por
  • Título:
    O poder politico na energia e relacoes internacionais: o dificil equilibrio entre o direito e a busca de seguranca do Estado brasileiro
  • Autor: Altahyde Hage, Jose Alexandre
  • É parte de: Revista Brasileira de Politica, Jan, 2008, Vol.51(1), p.169(18)
  • Descrição: Neste artigo se tem a intencao de analisar algumas questoes de politica internacional que envolve temas energeticos. Tem-se em conta que as grandes potencias dedicam grandes esforcos para obter seguranca energetica por meio de politicas e planejamento estrategico condizente com a situacao de conflito e disputa que o assunto provoca. Por conseguinte, o texto procura avaliar se, efetivamente, o Brasil tambem tem planos e estrategia coerente para dar cabo das questoes mais importantes do sistema internacional que toca, inclusive, aos assuntos energeticos. Palavras-chave: Petroleo, Meio Ambiente, Politica Energetica Brasileira, Biomassa. This paper intents to show some international politics questions in the energetic themes. We have in mind the great powers have strong policy to have energetic security liked to situation from conflict and dispute by energetic goods because they have strategic and plans of actions. Then, we have the same intent to show if, effectively, Brazil has equal strategy of it energetic security. Nowadays, energy issues are part of international system problems. In this fact the theme claims more observations and research to understand some questions from them. Words-key: Petroleum, International System, International Politics, Enviroment. Energetic Brazilian Policy. Biomassa.
  • Idioma: Portuguese

Buscando em bases de dados remotas. Favor aguardar.