skip to main content
Primo Search
Search in: Busca Geral

Desafios com o desabastecimento na cadeia de suprimentos em um hospital público: Relato de caso

Fonseca Lima, Rodrigo ; Fontes Moreira Câmara, Tássio

Revista de Gestão em Sistemas de Saúde, 2016, Vol.5(1), pp.120-127 [Periódico revisado por pares]

Texto completo disponível

Citações Citado por
  • Título:
    Desafios com o desabastecimento na cadeia de suprimentos em um hospital público: Relato de caso
  • Autor: Fonseca Lima, Rodrigo ; Fontes Moreira Câmara, Tássio
  • Assuntos: Assistência Farmacêutica ; Planejamento Estratégico ; Serviços Técnicos Hospitalares
  • É parte de: Revista de Gestão em Sistemas de Saúde, 2016, Vol.5(1), pp.120-127
  • Descrição: A unidade hospitalar pública no Brasil desempenha função importante na área da saúde. É uma instituição complexa e sua organização requer uma modernização dos mecanismos e ampliação da qualidade na gestão. O objetivo desse estudo foi aplicar, o Planejamento Estratégico Situacional (PES) para identificar problemas e viabilizar possíveis soluções relacionadas com o desabastecimento de produtos para saúde em um hospital municipal. Tratou-se de um estudo qualitativo do tipo relato de caso em que, através da ferramenta PES, foram elencados problemas no processo de planejamento, organização institucional, serviços prestados, assim como, condição financeira e distribuição econômica, todos relacionados à temática de desabastecimento de produtos para saúde. A ferramenta PES possibilitou a elaboração de um Plano Operativo (PO), o qual permitiu definir operações e estabelecer um controle eficiente de indicadores e prazos de ações necessárias para minimizar a interferência na qualidade do atendimento e agravos na cadeia de distribuição da farmácia hospitalar. Apesar da insuficiência dos recursos financeiros e humanos, da dificuldade de acesso e uso de tecnologias e da inadequada estrutura física foi possível implantar medidas para a melhoria da administração pública. Conclui-se que o PO proporcionou conscientização dos atores, transformando a gestão do estabelecimento e garantindo o enfoque interdisciplinar no planejamento e desenvolvimento das atividades hospitalares. É necessário avançar na política de Assistência Farmacêutica para direcionar estratégias no processo gerencial, técnico e operacional, ampliar o diálogo com os atores envolvidos e promover o uso racional de medicamentos e produtos de saúde.
  • Idioma: Português

Buscando em bases de dados remotas. Favor aguardar.