skip to main content
Tipo de recurso Mostra resultados com: Mostra resultados com: Índice

Predição e validação do Fat Mass Ratio por modelos antropométricos, para o diagnóstico de lipodistrofia em pessoas vivendo com HIV/Aids, específicos por sexo

André Pereira dos Santos Dalmo Roberto Lopes Machado; Andiara Schwingel

2018

Localização: EERP - Esc. Enfermagem Ribeirão Preto    (Santos, André Pereira dos )(Acessar)

  • Título:
    Predição e validação do Fat Mass Ratio por modelos antropométricos, para o diagnóstico de lipodistrofia em pessoas vivendo com HIV/Aids, específicos por sexo
  • Autor: André Pereira dos Santos
  • Dalmo Roberto Lopes Machado; Andiara Schwingel
  • Assuntos: ANTROPOMETRIA; COMPOSIÇÃO CORPORAL; TERAPIA ANTIRRETROVIRAL DE ALTA ATIVIDADE
  • Notas: Tese (Doutorado)
  • Descrição: A lipodistrodia do HIV é caracterizada por acúmulo e/ou redução de massa gorda no tronco e nos membros, respectivamente, e está associada às alterações em parâmetros metabólicos de riscos cardiovasculares, como a dislipidemia. Pontos de corte a partir do Fat Mass Ratio medido por absorciometria por raios X de dupla energia (FMRDXA) foram propostas e são a alternativa mais indicada para diagnosticar a lipodistrofia em pessoas vivendo com HIV/Aids (PVHA). A despeito da alta precisão, o FMRDXA é restrito ao uso de equipamento específico, nem sempre disponível no campo clínico. A antropometria é um método acessível e preciso, capaz de indicar dismorfïas na avaliação da composição corporal (CC) em PVHA. Até o momento, não há estudos que estimaram o FMRDXA através de modelos antropométricos preditivos (FMRMo_Antr), considerando os fatores de risco associados à patogênese da lipodistrofia e a influência do sexo nas alterações da CC em PVHA. Neste sentido, o objetivo do estudo foi desenvolver modelos antropométricos para predição e validação do FMRDXA para o diagnóstico de lipodistrofia, considerando os fatores de risco associados à patogênese desta condição em PVHA. Adicionalmente, definir a especificidade por sexo e eventuais riscos cardiovasculares associados. Incluímos 106 PVHA (sexo masculino=65), idade entre 18-69 anos e em uso da terapia antirretroviral (TARV). Para a predição do FMRDXA (variável dependente) incluímos potenciais variáveis independentes: peso corporal, estatura, espessuras de dobras cutâneas (DC), perímetros corporais (PC), PC corrigidos, razões antropométricas de DC e PC, e fatores de risco associados à patogênese da lipodistrofia (idade, raça, tempo de educação formal, tempo de exposição à TARV, tempo de diagnóstico para o HIV, e tipo de classe da TARV). A regressão linear múltipla stepwzse foi adotada para a
    geração dos modelos, validados por método PRESS de validação cruzada (sistema leave one out). Parâmetros metabólicos de riscos cardiovasculares incluindo informações de lipidograma e glicemia foram medidos. Pontos de corte (sexo masculino=1,24 e sexo feminino=0,95, disponíveis na literatura) para o diagnóstico de lipodistrofia por FMRDXA, foram adotados. Foi utilizada correlação de Pearson para verificar associação entre o melhor FMRMod_Antr de cada sexo e os parâmetros metabólicos de riscos cardiovasculares. A associação (rs) entre o ponto de corte para o diagnóstico de lipodistrofia (FMRDXA) por sexo e os parâmetros metabólicos de riscos cardiovasculares foi avaliada. Os resultados indicaram que o melhor FMRMod_Antr apresentou (r2 ajustado=0,77 e 0,78, EPE%=0,14 e 0,11) para o sexo masculino e feminino, respectivarnente. Houve associação moderada, mas significante entre o melhor FMRMod_Antr (0,33 e 0,37), diagnóstico de lipodistrofia (FMRDXA) (0,30 e 0,32) e triglicérides para o sexo masculino e feminino, respectivamente. A validação dos FMRMod_Antr foi confirmada por seus elevados coeficientes (r2 PRESS=0,64 a 0,73) e confiabilidade dos erros reduzidos (SPRESS=0,12 a 0,16). Os modelos se mostram como alternativa do FMRDXA no diagnóstico e monitoramento da lipodistrofia, quando a DXA não estiver disponível
  • Data de publicação: 2018
  • Formato: 91 p anexos.
  • Idioma: Português

Buscando em bases de dados remotas. Favor aguardar.