skip to main content
Tipo de recurso Mostra resultados com: Mostra resultados com: Índice

Oxidação do herbicida 2,4-D utilizando ânodos dimensionalmente estáveis, Ti/xlr‘‘O IND. 2’ IND. (1-x)’‘Ta IND. 2’‘O IND. 5’ e Ti/‘lr IND. x’‘Ti(1-x)’‘O IND. 2’ e Eletrodo de diamante dopado com boro (DDB)

André Stoppa dos Santos Adalgisa Rodrigues de Andrade

2012

Localização: FFCLRP - Fac. Fil. Ciên. Let. de R. Preto    (Santos, André Stoppa dos )(Acessar)

  • Título:
    Oxidação do herbicida 2,4-D utilizando ânodos dimensionalmente estáveis, Ti/xlr‘‘O IND. 2’ IND. (1-x)’‘Ta IND. 2’‘O IND. 5’ e Ti/‘lr IND. x’‘Ti(1-x)’‘O IND. 2’ e Eletrodo de diamante dopado com boro (DDB)
  • Autor: André Stoppa dos Santos
  • Adalgisa Rodrigues de Andrade
  • Assuntos: HERBICIDAS; OXIDAÇÃO; ELETROQUÍMICA
  • Notas: Dissertação (Mestrado)
  • Descrição: Este trabalho envolve a oxidação eletroquímica do herbicida ácido 2,4 diclorofenoxiacético, utilizando eletrodos do tipo ânodos dimensionalmente estáveis (ADE) e Diamante Dopado com Boro (DDB). Os Anodos Dimensionalmente Estáveis (ADEs) foram produzidos em nosso laboratório pelo método da decomposição de precursores poliméricos. A decomposição térmica desses precursores forma uma camada de óxidos metálicos que constitui os ânodos. A composição química investigada foi variada, sendo estudadas as composições: 30% de Ir‘O IND. 2’ e 70% de ‘Ta IND. 2’‘O IND. 5’ ou Ti‘O IND. 2’. Os eletrodos de ‘Ta IND. 2’‘O IND. 5’ possuem elevado tempo de vida, além de possuir alta estabilidade mecânica. Já composição Ti/lrTi‘O IND. 2’ possui elevada atividade eletrocatalitica. Variaram-se algumas condições experimentais como, densidade de corrente, concentração de herbicida e do eletrólito suporte na presença de cloreto e mesmo assim, ambas as composições mostraram-se pouco efetivas na remoção do herbicida 2,4,D. Podemos atribuir essa baixa remoção ao baixo sobrepotencial para Reação de Desprendimento de Oxigênio (RDO) que provoca uma competição entre a oxidação do herbicida e a oxidação da água na superfície do eletrodo. Quando utilizamos o DDB aumentou consideravelmente a degradação do principio ativo e consequente mineralização do composto devido ao alto sobrepotencial para RDO desse material, o que facilita a oxidação do herbicida. Análises de Cromatografia Gasosa acoplada a Espectrometria de Massas (CG-MS) nos permitiram identificar quais os produtos obtidas na degradação bem como a quantidade de cada um deles. Foi feito um perfil da concentração de cada um dos subprodutos de acordo com a corrente aplicada
  • Data de publicação: 2012
  • Formato: 72 p.
  • Idioma: Português

Buscando em bases de dados remotas. Favor aguardar.