skip to main content

Versões do "progresso" a modernização como tema e problema do fotógrafo Militão Augusto de Azevedo (1862-1902)

Íris Morais Araújo Lilia Moritz Schwarcz 1957-

2006

Localização: FFLCH - Fac. Fil. Let. e Ciências Humanas    (Disponível apenas onine )(Acessar)

  • Título:
    Versões do "progresso" a modernização como tema e problema do fotógrafo Militão Augusto de Azevedo (1862-1902)
  • Autor: Íris Morais Araújo
  • Lilia Moritz Schwarcz 1957-
  • Assuntos: Azevedo, Militão Augusto de 1837-1905; FOTOGRAFIA -- SÉCULO XIX -- SÃO PAULO; SÃO PAULO (HISTÓRIA) -- SÉCULO XIX; FOTÓGRAFOS
  • Notas: Dissertação (Mestrado)
  • Notas Locais: Antropologia social
  • Descrição: Esta dissertação centra-se no legado de Militão Augusto de Azevedo (1837-1905) com o objetivo de desvendar as diferentes maneiras que tal fotógrafo representou o processo de modernização ocorrido nas últimas décadas do século XIX no Brasil e, especialmente, em São Paulo. Tomando a especificidade de sua profissão, buscou-se apresentar a maneira com que uma rede de relações sociais foi tecida em torno desta personagem. Estes vínculos permitem notar qual foi o lugar angariado por Militão naquela sociedade; tal posição marcaria de modo perene as percepções do fotógrafo acerca dos processos de mudança que vivenciou. A análise dos documentos de Militão, particularmente suas fotografias e cartas, configura uma polissemia de significados a respeito das transformações ocorridas na cidade de São Paulo a partir da década de 1860, e na política brasileira, após a Proclamação da República. Desta forma, as observações da personagem a respeito de seu mundo em mudança asseveram que, menos do que coladas ao "progresso", as representações do fotógrafo formam um amálgama de temporalidades desencontradas, que se imbricam e se tensionam
  • Data de criação/publicação: 2006
  • Formato: 2 v + anexos.
  • Idioma: Português

Buscando em bases de dados remotas. Favor aguardar.