skip to main content

Gil Vicente sob o olhar intertextual de Almeida Garrett e Sttau Monteiro análise dos motivadores ideológicos

Jaime dos Reis Sant'anna Marlise Vaz Bridi

2001

Localização: FFLCH - Fac. Fil. Let. e Ciências Humanas    (T SANT'ANNA, J.R. 2001 )(Acessar)

  • Título:
    Gil Vicente sob o olhar intertextual de Almeida Garrett e Sttau Monteiro análise dos motivadores ideológicos
  • Autor: Jaime dos Reis Sant'anna
  • Marlise Vaz Bridi
  • Assuntos: LITERATURA PORTUGUESA (TEORIA CRÍTICA); TEATRO (TEORIA CRÍTICA) -- PORTUGAL; IDEOLOGIA
  • Notas: Dissertação (Mestrado)
  • Notas Locais: Literatura Portuguesa
  • Descrição: A presente Dissertação visa aplicar alguns princípios de análise intertextual no estudo da obra teatral de Almeida Garrett e de Sttau Monteiro, particularmente quando se apropriam do Teatro de Gil Vicente. O primeiro, imbuído do desafio de restaurar o teatro nacional português, usa a fantasia alegórica Cortes de Júpiter (1521), como eixo para a composição do drama Um auto de Gil Vicente, de 1838. O segundo, objetivando construir uma crítica ácida ao regime ditatorial salazarista, estiliza o Auto da barca do inferno (1517), através do engenhoso Auto da barca do motor fora da borda, de 1966. Após uma discussão acerca do conceito de ideologia (Chauí e Ricoeur), a pesquisa toma a teoria do cronotopos literário (Bakhtin), apontando que as relações dialogais são objetos da metalingüística refletidas na construção da linguagem. Tais princípios são aplicados no estudo dos signos cênicos cronotópicos não verbais, tais como a barca e o paço, a fim de demonstrar o modo pelo qual eles revelam os motivadores ideológicos de Garrett e Monteiro. Finalmente, a análise da construção das personagens do metateatro destes dois autores visa confirmar a repetição dos mesmos motivadores ideológicos investigados no cronotopos
  • Data de publicação: 2001
  • Formato: 155 p.
  • Idioma: Português

Buscando em bases de dados remotas. Favor aguardar.