skip to main content

Caracterização da manobrabilidade de embarcações em áreas restritas, baixa velocidade e operação em regime transitório.

Masetti, Felipe Ribolla

Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP; Universidade de São Paulo; Escola Politécnica 2018-07-27

Acesso online. A biblioteca também possui exemplares impressos.

  • Título:
    Caracterização da manobrabilidade de embarcações em áreas restritas, baixa velocidade e operação em regime transitório.
  • Autor: Masetti, Felipe Ribolla
  • Orientador: Tannuri, Eduardo Aoun
  • Assuntos: Embarcações; Manobrabilidade; Navios; Tanques De Provas; Small-Scale Model Tests; Ship Maneuverability; Real Time Simulation; Numerical-Experimental Confrontation; Numerical Offshore Tank - Tpn; Towing Tank Model Tests
  • Notas: Dissertação (Mestrado)
  • Notas Locais: Programa Engenharia Naval e Oceânica
  • Descrição: Esta dissertação de mestrado tem como objetivo a validação do modelo numérico de manobras para navios utilizado pelo simulador chamado SMH - Simulador Marítimo Hidroviário, que foi desenvolvido no laboratório Tanque de Provas Numérico. Para tanto foram realizados ensaios experimentais de manobras com um modelo em escala reduzida da embarcação Alpha Crucis com o objetivo de criar dados de manobra que serviram como referência para validação do modelo numérico. Foram selecionados diversos tipos de manobras com o propósito de criar uma caracterização da manobrabilidade da embarcação em baixas velocidades e regime transitório, permitindo a medição de diversas características, que permitem quantificar as capacidades de manobra da embarcação. Através de experimentos numéricos foram, então, realizadas as mesmas manobras executadas pelo modelo físico em escala reduzida, de forma a reproduzir as mesmas condições iniciais e os mesmos comandos, procurando reproduzir as manobras para validação do modelo implementado no SMH. Os resultados obtidos apresentam a aderência das características de manobras do modelo implementado no SMH, através da comparação das características de manobra obtidas pelo modelo físico em escala reduzida e das obtidas pelo modelo numérico. A dissertação apresenta ainda um estudo de sensibilidade que mostra o efeito dos principais fatores utilizados no laboratório Tanque de Provas Numérico para a calibração dos modelos de embarcações, mostrando que para as manobras consideradas neste trabalho alguns dos efeitos possuem pouca influência nos resultados. Por fim o trabalho conclui que o modelo matemático utilizado pelo SMH representa a capacidade de manobra da embarcação de forma consistente para diversos tipos de manobra, e com um grau de aderência satisfatório.
  • DOI: 10.11606/D.3.2018.tde-05112018-153655
  • Editor: Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP; Universidade de São Paulo; Escola Politécnica
  • Data de publicação: 2018-07-27
  • Formato: Adobe PDF
  • Idioma: Português

Buscando em bases de dados remotas. Favor aguardar.