skip to main content

Modelagem aerodinâmica de turbinas eólicas flutuantes.

Pegoraro, Bruno

Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP; Universidade de São Paulo; Escola Politécnica 2018-11-13

Acesso online. A biblioteca também possui exemplares impressos.

  • Título:
    Modelagem aerodinâmica de turbinas eólicas flutuantes.
  • Autor: Pegoraro, Bruno
  • Orientador: Simos, Alexandre Nicolaos
  • Assuntos: Aerodinâmica (Modelagem); Turbinas; Aerodynamic Modeling; Floating Wind Turbines
  • Notas: Dissertação (Mestrado)
  • Notas Locais: Programa Engenharia Naval e Oceânica
  • Descrição: Esta dissertação aborda o desenvolvimento de um método numérico para a análise de forças e momentos aerodinâmicos em turbinas eólicas fixas e flutuantes no domínio do tempo, utilizando a teoria da quantidade de movimento do elemento de pá (Blade Element Momentum Theory, BEMT) em C++. As pás são divididas em segmentos menores, onde a influência da turbina no fluxo é realizada através do cálculo de fatores de indução. Cada segmento é considerado como um aerofólio bidimensional, sendo possível estimar forças e momentos através de coeficientes para asas infinitas. A teoria da quantidade de movimento do elemento de pá, embora conceitualmente simples, é usualmente empregada com algumas correções em suas equações para se ajustar aos resultados experimentais. A inclusão de turbinas flutuantes é realizada através do movimento de corpo rígido da plataforma, que tem um impacto direto no cálculo aerodinâmico. Por não ser o objetivo deste trabalho, as equações de movimento são calculadas através de uma fonte externa e posteriormente colocadas como dado de entrada do código, simplificando assim a análise e excluindo uma fonte potencial de erro na verificação. O caso de estudo é a turbina do projeto Offshore Code Comparison Collaboration Continuation (OC4), a qual é analisada como uma turbina fixa e flutuante, utilizando uma plataforma semi-submersível. Os resultados das forças e momentos aerodinâmicos do software FAST do Laboratório Nacional de Energias Renováveis (National Renewable Energy Laboratory, NREL) são comparados ao código desenvolvido, mostrando excelente concordância para todos os casos analisados.
  • DOI: 10.11606/D.3.2019.tde-31012019-075149
  • Editor: Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP; Universidade de São Paulo; Escola Politécnica
  • Data de publicação: 2018-11-13
  • Formato: Adobe PDF
  • Idioma: Português

Buscando em bases de dados remotas. Favor aguardar.