skip to main content
Tipo de recurso Mostra resultados com: Mostra resultados com: Índice

Sítio Limeira, Guarapari / ES: a reconstituição de uma paisagem

Silva, Maria Ester Franklin Maia

Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP; Universidade de São Paulo; Museu de Arqueologia e Etnologia 2015-03-10

Acesso online. A biblioteca também possui exemplares impressos.

  • Título:
    Sítio Limeira, Guarapari / ES: a reconstituição de uma paisagem
  • Autor: Silva, Maria Ester Franklin Maia
  • Orientador: Alves, Marcia Angelina
  • Assuntos: Indústria Lítica; Arqueologia Da Paisagem; Datação Por C14; Paleoambiente; Guarapari-Es; Lithic Industry; Landscape Archaeology; 14c Dating; Guarapari-Es; Paleoenvironment
  • Notas: Dissertação (Mestrado)
  • Notas Locais: Programa de Pós-Graduação em Arqueologia
  • Descrição: A presente Dissertação estuda a ocupação pré-histórica do sítio Limeira, UTM 24K 341411 - 7714533 (40º31\'20,62\" O e 20º39\'42,61\" S); sítio arqueológico a céu-aberto localizado no município de Guarapari, região do litoral centro-sul do Estado do Espírito Santo. A pesquisa arqueológica foi pautada nos pressupostos teórico-metodológicos da Arqueologia da Paisagem, cadeia operatória e Habitus, evidenciando vestígios materiais líticos e malacológicos de uma população coletora-caçadora-pescadora que se estabeleceu no local há cerca de 670 anos AP (14C - CENA-USP). O foco da análise centrou-se na investigação da interação entre a população que habitou o sítio com o ambiente que a circundava, com levantamentos geológicos, geomorfológicos, hidrográficos, climáticos, etc., através de pesquisas bibliográficas e cartográficas. Também, buscou-se reunir informações sobre o paleoambiente do litoral do Espírito Santo, com fulcro na região estudada. A pesquisa intensiva de campo foi realizada em 4 campanhas: uma em 2009, pelo Prof. Ms. Celso Perota, via resgate arqueológico, e as demais, de cunho acadêmico, realizadas entre os anos 2012 e 2013, voltadas para esta dissertação de Mestrado, pautadas nos métodos e técnicas de investigação de campo por superfícies amplas em decapagens por camadas naturais. Como resultado, foi possível observar que o sítio Limeira é unicomponencial, além de serem evidenciadas duas estruturas estabelecidas na forma de 3 bolsões malacológicos e uma fogueira, cujos carvões foram utilizados para realização de datação. Os dados analisados possibilitaram interpretações a respeito do modo de vida dos habitantes pretéritos do sítio Limeira, e dos aspectos ambientais (vegetação e clima) que os cercava. É importante destacar que o estudo dos vestígios arqueológicos do sítio em questão e sua inserção nas escalas espaciais, temporais e ambientais, estabeleceram parâmetros de suma relevância para que futuras pesquisas desenvolvidas no Espírito Santo encontrem referenciais de suporte.
  • DOI: 10.11606/D.71.2015.tde-09062015-164603
  • Editor: Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP; Universidade de São Paulo; Museu de Arqueologia e Etnologia
  • Data de publicação: 2015-03-10
  • Formato: Adobe PDF
  • Idioma: Português

Buscando em bases de dados remotas. Favor aguardar.