skip to main content

Avaliação hidrodinâmica de uma válvula neurológica ajustável por acionamento mecânico

Pinto, José Ricardo Camilo

Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP; Universidade de São Paulo; Bioengenharia 2013-12-13

Acesso online. A biblioteca também possui exemplares impressos.

  • Título:
    Avaliação hidrodinâmica de uma válvula neurológica ajustável por acionamento mecânico
  • Autor: Pinto, José Ricardo Camilo
  • Orientador: Rollo, João Manuel Domingos de Almeida
  • Assuntos: Biomateriais; Teste Hidrodinâmico; Líquor; Válvula Neurológica; Hidrocefalia; Derivação Ventrículo-Peritoneal; Hydrocephalus; Csf; Neurological Valve; Shunt; Biomaterials; Hydrodynamic Test
  • Notas: Tese (Doutorado)
  • Notas Locais: Programa Interunidades em Bioengenharia EESC/FMRP/IQSC-USP
  • Descrição: A hidrocefalia é uma doença ocasionada pelo distúrbio na formação, circulação ou absorção do líquido cefalorraquidiano (líquor) que acarreta na elevação da pressão intracraniana. O tratamento mais usual para a disfunção é a derivação ventrículo-peritoneal (DVP) responsável pela drenagem do líquor do ventrículo até o abdômen do paciente, através do implante de um cateter ventricular, uma válvula neurológica e um cateter peritoneal. Desse modo, o presente estudo apresenta o conceito de uma nova válvula neurológica com um mecanismo inovador para alteração da pressão de funcionamento, com um menor custo produtivo e de possível aceitação pelo Sistema Único de Saúde (SUS). A norma ISO 7197 forneceu as diretrizes atendidas no desenvolvimento da válvula neurológica ajustável e as informações para a construção das bancadas de testes, utilizadas para a realização dos ensaios hidrodinâmicos no protótipo do dispositivo valvular. Foram pesquisados os biomateriais empregados na fabricação de válvulas neurológicas comerciais, para a proposição dos materiais necessários para a construção da válvula ajustável por acionamento mecânico proposta. O aparato utilizado nos testes hidrodinâmicos apresentou incertezas experimentais, que não comprometem os resultados e a avaliação do desempenho in vitro do dispositivo testado. O protótipo da válvula resistiu aos testes de vazamento e de refluxo de fluido. As pressões de abertura e de fechamento apresentaram-se adequadas para o início e a interrupção do escoamento na DVP. Também foi obtido o comportamento do diferencial de pressão, em função da vazão, para as quatro classes de funcionamento disponíveis no protótipo testado. A avaliação hidrodinâmica do protótipo da válvula ajustável por acionamento mecânico apresenta resultados satisfatórios no controle da drenagem de líquor, frente a todos os ensaios hidrodinâmicos realizados.
  • DOI: 10.11606/T.82.2013.tde-16062014-153409
  • Editor: Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP; Universidade de São Paulo; Bioengenharia
  • Data de publicação: 2013-12-13
  • Formato: Adobe PDF
  • Idioma: Português

Buscando em bases de dados remotas. Favor aguardar.