skip to main content

Caracterização de propriedades leiteiras com relação ao conhecimento técnico, gestão administrativa e atendimento das necessidades humanas

Amaral, Talita Gil Regis Do

Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP; Universidade de São Paulo; Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz 2008-01-16

Acesso online. A biblioteca também possui exemplares impressos.

  • Título:
    Caracterização de propriedades leiteiras com relação ao conhecimento técnico, gestão administrativa e atendimento das necessidades humanas
  • Autor: Amaral, Talita Gil Regis Do
  • Orientador: Machado, Paulo Fernando
  • Assuntos: Administração Da Qualidade; Propriedade Rural; Pecuária Leiteira; Ordenha; Trabalhador Rurai; Leite; Indicadores De Qualidade; Administração De Recursos Humanos; Management; Milking; Knowledge; Tbc; Maslow
  • Notas: Dissertação (Mestrado)
  • Descrição: Os objetivos deste trabalho foram relacionar o atendimento das necessidades humanas dos funcionários com os indicadores de qualidade do leite, avaliar o conhecimento técnico tanto dos ordenhadores quanto dos proprietários e gerentes, observar as práticas realizadas na ordenha, relacionando-as com os indicadores de qualidade do leite e verificar a adoção de ferramentas da gestão administrativa de explorações leiteiras, segundo o sistema MDA, da Clínica do Leite - ESALQ/USP. Para atingir estes objetivos, 74 propriedades leiteiras localizadas nos Estados de São Paulo, Minas Gerais e Rio de Janeiro participaram deste projeto. Estas propriedades foram divididas em dois grupos, a partir da média de contagem bacteriana total (CBT) apresentada, sendo o grupo com alta CBT com média superior a 200.000 ufc/ml e o grupo com baixa CBT, com média inferior a 50.000 ufc/ml. Foram realizadas visitas a estas propriedades, com duração de meio dia, sendo que estas constituíram no acompanhamento da rotina de ordenha, aplicação de questionários com os ordenhadores sobre questões relacionadas ao atendimento das necessidades humanas, segundo Maslow e conhecimentos técnicos e aplicação de questionários com os proprietários ou gerentes sobre aspectos relacionados ao gerenciamento das propriedades, segundo o sistema MDA. Os dados foram analisados por estatística descritiva e também pela metodologia de árvores de regressão, relacionando as questões com a CBT e contagem de células somáticas (CCS). A média de CBT das propriedades com alta CBT foi de 330.113 ufc/ml (± 143.865 ufc/ml) e das com baixa CBT foi 49.126 ufc/ml (± 36.704 ufc/ml). Já para CCS, as médias foram: 908.473 céls/ml (± 463.992 céls/ml) para propriedades com alta CBT e 605.728 céls/ml (± 282.885 céls/ml) para propriedades com baixa CBT. Tanto os funcionários quanto proprietários ou gerentes de ambos os grupos apresentaram conhecimento satisfatório sobre a rotina de ordenha, mas uma pequena porcentagem dos grupos conhecia os conceitos relacionados à qualidade do leite. No entanto, os conhecimentos sobre mastite foram maiores para os funcionários e proprietários ou gerentes das propriedades com baixa CBT. Com relação ao atendimento das necessidades humanas, todas as necessidades tenderam a ser mais bem atendidas para os funcionários das propriedades com baixa CBT, com exceção das necessidades fisiológicas. O mesmo perfil pode ser observado para o gerenciamento administrativo das propriedades com baixa CBT, sendo que a adoção das ferramentas de gestão, como política básica, gestão da rotina, procedimentos operacionais e recursos humanos, tendeu a ser maior nestas propriedades. Além disso, os procedimentos recomendados da rotina de ordenha foram mais e melhor conduzidos pelas propriedades com baixa CBT, assim como a limpeza dos equipamentos. Desta forma, pode-se observar que os aspectos relacionados ao conhecimento técnico, comprometimento dos funcionários, conseguido através do atendimento das necessidades humanas, adoção de ferramentas de gestão administrativa e a ordenha estão interferindo na qualidade do leite produzido. Apesar das propriedades com baixa CBT terem apresentado resultados melhores nestas áreas, há a possibilidade de melhorar ainda mais a qualidade do produto, através do investimento em todas as áreas relacionadas neste projeto.
  • DOI: 10.11606/D.11.2008.tde-27022008-180928
  • Editor: Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP; Universidade de São Paulo; Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz
  • Data de publicação: 2008-01-16
  • Formato: Adobe PDF
  • Idioma: Português

Buscando em bases de dados remotas. Favor aguardar.