skip to main content

Alfabetização do olhar: aprender pelos objetos e suas representações

Tauhyl, Ana Paula Moreli

Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP; Universidade de São Paulo; Museu de Arqueologia e Etnologia 2013-10-30

Acesso online. A biblioteca também possui exemplares impressos.

  • Título:
    Alfabetização do olhar: aprender pelos objetos e suas representações
  • Autor: Tauhyl, Ana Paula Moreli
  • Orientador: Hirata, Elaine Farias Veloso
  • Assuntos: Arqueologia Mediterrânica; Arqueologia Pública; Educação; Patrimônio; Museu; Museum; Mediterranean Archaeology; Heritage; Education; Public Archaeology
  • Notas: Dissertação (Mestrado)
  • Descrição: Esta dissertação descreve e analisa um conjunto de atividades educativas realizadas a partir de alguns produtos do Laboratório de Estudos sobre a Cidade Antiga - Labeca: o videodocumentário \"Siracusa Cidade Antiga\", mapas, plantas, fotografias e desenhos de reconstituições provenientes do banco de dados do laboratório e maquetes das cidades gregas de Poseidônia, Priene, Olinto e Selinonte. As atividades tiveram como objetivos divulgar a produção do Labeca e testar este material com o público alvo, buscando ampliar a visão da Grécia antiga comumente presente na escola; trabalhar o fazer ciência, por meio do oficio do arqueólogo; entender as diversas linguagens que constituem as formas de representação dos objetos, podendo, assim, exercer o pensamento crítico em relação a elas; e despertar o olhar do público para o universo das coisas materiais. Como público alvo da pesquisa, selecionamos duas turmas do 1º. Ano do Ensino Médio da Escola de Aplicação da Faculdade de Educação da Universidade de São Paulo. Os alunos participaram de três encontros: apresentação do videodocumentário em sala de aula, visita ao MAE/USP para um trabalho com os mapas, plantas, fotografias, reconstituições e maquetes e, por fim, o manuseio de objetos arqueológicos e contemporâneos, novamente em sala de aula. Aplicamos três questionários aos alunos durante os encontros, os quais tinham por objetivo diagnosticar as impressões do público sobre o conjunto de atividades e se sua perspectiva em relação à Arqueologia e às cidades gregas antigas se modificou ao longo dos encontros. Os resultados que obtivemos a partir do questionário final, aplicado 70 dias após o primeiro, demonstraram que, de acordo com a concepção dos próprios alunos, a visão que tinham sobre Arqueologia foi modificada. Também pudemos verificar que outras características ligadas às cidades gregas passaram a compor o imaginário dos alunos sobre o tema, além daquelas elencadas no questionário inicial.
  • DOI: 10.11606/D.71.2013.tde-25112013-152550
  • Editor: Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP; Universidade de São Paulo; Museu de Arqueologia e Etnologia
  • Data de publicação: 2013-10-30
  • Formato: Adobe PDF
  • Idioma: Português

Buscando em bases de dados remotas. Favor aguardar.