skip to main content

Desenvolvimento de sistema de esterilização por plasma: eficácia inerente e comparativa com óxido de etileno

Silva, Juliano De Morais Ferreira

Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP; Universidade de São Paulo; Faculdade de Ciências Farmacêuticas 2006-08-10

Acesso online. A biblioteca também possui exemplares impressos.

  • Título:
    Desenvolvimento de sistema de esterilização por plasma: eficácia inerente e comparativa com óxido de etileno
  • Autor: Silva, Juliano De Morais Ferreira
  • Orientador: Pinto, Terezinha de Jesus Andreoli
  • Assuntos: Bacillus Subtilis Var. Niger Atcc 9372; Plasma (Uso); Controle Biológico De Qualidade Dos Fármacos; Esterilização; Óxido De Etileno; Bacillus Subtilis Var. Niger Atcc 9372; Plasma (Use); Ethylene Oxide; Biological Control Of Drug Quality; Sterilization
  • Notas: Dissertação (Mestrado)
  • Descrição: Estudos envolvendo o emprego de novas técnicas de esterilização têm apresentado nítido crescimento nos últimos anos como alternativa aos processos convencionais. A grande possibilidade consiste no emprego do plasma como agente de esterilização. Essa tecnologia tem considerável potencial para desenvolver o meio mais eficiente e seguro de esterilização de artigos termossensíveis com ênfase para a indústria farmacêutica e médica e até mesmo em outras áreas industriais. O objetivo deste trabalho foi investigar a influência de alguns parâmetros de processos por plasma e correlacionar sua eficácia com processos por óxido de etileno. Neste trabalho, estudos foram realizados empregando tecnologia de esterilização por plasma usando reator Reactive Ion Etching (RIE). Os valores aplicados de potências de rádio-frequência, a 13,56 MHz foram 25 W, 50 W, 100 W e 150 W. Os gases testados foram oxigênio puro e misturas de oxigênio e peróxido de hidrogênio (190/10, 180/20 e 160/40 sccm) e fluxo constante de 200 sccm, pressão de 0,100 torr e temperatura abaixo de 60°C. Esterilizador por óxido de etileno foi empregado a 450 mg/L (Oxyfume 2002®), 55°C, 60% de umidade e -0,65 e 0,60 kgf/cm2 de pressão. Os indicadores biológicos empregados foram constituídos de esporos de Bacillus subtilis var. niger ATCC 9372, inoculados em lamínulas de vidro de 18 x 18 mm e discos de papel de 13 mm de diâmetro em uma carga de 2,0 x 107 UFC/suporte. Os tempos de exposição aos processos por plasma foram de 3 a 120 minutos. Reduções progressivas da contagem inicial de microrganismos foram observadas nos valores D: 215,91,55,55,9,19 e 2,91 minutos para processos por plasma com oxigênio puro, a 25 W, 50 W, 100 W e 150 W, respectivamente. Misturas de oxigênio e peróxido de hidrogênio apresentaram os seguintes valores D: 190/10 sccm (6,41 min), 180/20 sccm (6,47 min) e 160/40 sccm (4,02 min), a 100 W e 190/10 sccm (1,47 min), 180/20 sccm (3,11 min) e 160/40 sccm (1,94 min), a 150 W. Processos empregando óxido de etileno apresentaram valor D de 2,86 minutos. Análises por Microscopia Eletrônica de Varredura demonstraram danos causados ao córtex dos esporos. Sistema empregando plasma como principal agente de esterilização apresentou-se efetivo em desafios com indicadores biológicos. Os processos por plasma provaram ser a mais apropriada tecnologia de esterilização de materias termossensíveis e com grande potencial para substituir os métodos convencionais de esterilização em futuro próximo.
  • DOI: 10.11606/D.9.2017.tde-28112017-104406
  • Editor: Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP; Universidade de São Paulo; Faculdade de Ciências Farmacêuticas
  • Data de criação/publicação: 2006-08-10
  • Formato: Adobe PDF
  • Idioma: Português

Buscando em bases de dados remotas. Favor aguardar.