skip to main content

Letalidade da ação policial e teoria interacional: análise integrada do sistema paulista de segurança pública

Oliveira Junior, Emmanuel Silva Nunes De

Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP; Universidade de São Paulo; Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas 2008-07-01

Acesso online. A biblioteca também possui exemplares impressos.

  • Título:
    Letalidade da ação policial e teoria interacional: análise integrada do sistema paulista de segurança pública
  • Autor: Oliveira Junior, Emmanuel Silva Nunes De
  • Orientador: Carneiro, Leandro Piquet
  • Assuntos: Teoria Interacional; Crime; Letalidade; Políticas Públicas; Polícia; Public Policies; Police; Lethality; Interaction Theory; Crime
  • Notas: Tese (Doutorado)
  • Descrição: A pesquisa Letalidade da ação policial e teoria interacional: análise integrada do sistema paulista de segurança pública visa dimensionar os fatores associados a letalidade policial. Dada a complexidade da ação policial, que envolve aspectos criminais, sociais e institucionais, a pesquisa propõe a formulação de um modelo teórico penológico que unifique diferentes tradições das Ciências Sociais. O modelo teórico interacional, adotado na tese, integra em uma dimensão analítica as premissas presentes nas teorias racionalista, contextual, institucional e ecológica. Tal estratégica metodológica é necessária, porque os modelos paradigmáticos selecionam um único parâmetro analítico para correlacionar com a ação policial e essa simplificação do comportamento policial não encontra suporte na realidade. Nesse sentido, encontrar uma alternativa as preposições teóricas clássicas foi o principal objetivo desse trabalho. Como estratégia de comprovação empírica do modelo teórico interacional foram utilizadas técnicas de regressão multivariadas, que permitem o teste simultâneo de validade das hipóteses alternativas e a verificação das interações entre os modelos teóricos e as variáveis independentes. A base empírica foi coletada junto a Comissão de Letalidade Policial da Secretaria de Segurança Pública do Estado de São Paulo. A amostra é de 1.111 casos de letalidade de não-policias registradas no Estado, entre 2001 e 2003
  • DOI: 10.11606/T.8.2008.tde-26112008-171756
  • Editor: Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP; Universidade de São Paulo; Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas
  • Data de criação/publicação: 2008-07-01
  • Formato: Adobe PDF
  • Idioma: Português

Buscando em bases de dados remotas. Favor aguardar.