skip to main content
Tipo de recurso Mostra resultados com: Mostra resultados com: Índice

Impacto das alegações relativas ao glúten sobre as escolhas dos consumidores

Drub, Tainá Fernandes

Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP; Universidade de São Paulo; Nutrição Humana Aplicada 2019-09-24

Acesso online. A biblioteca também possui exemplares impressos.

  • Título:
    Impacto das alegações relativas ao glúten sobre as escolhas dos consumidores
  • Autor: Drub, Tainá Fernandes
  • Orientador: Cyrillo, Denise Cavallini
  • Assuntos: Marketing Nutricional Virtual; Produtos Sem Glúten; Rotulagem De Alimentos; Food Labeling; Gluten Free Products; Virtual Nutritional Marketing
  • Notas: Dissertação (Mestrado)
  • Descrição: Os produtos sem glúten vêm aumentando sua participação no mercado atual, direcionados a uma população com restrição alimentar, como no caso da doença celíaca. Para segurança destes consumidores, foi criada uma legislação tratando das informações contidas nos rótulos, como as alegações relativas à presença ou não de glúten nos produtos. No entanto, a alegação \"NÃO CONTÉM GLÚTEN\" é informação útil à indústria, no contexto de seu marketing nutricional e, assim, como um elemento de sua estratégia de concorrência. O objetivo dessa pesquisa foi avaliar o impacto do marketing nutricional de alimentos sem glúten industrializados na rotulagem, sobre as escolhas alimentares de consumidores leigos, sem doença celíaca. Por meio de uma pesquisa qualitativa descritiva utilizando o método do Discurso do Sujeito Coletivo, concluiu-se que mais de 50% dos participantes recrutados seguem uma dieta livre de glúten motivados pela crença de ser saudável e auxiliar na manutenção do peso corpóreo. Estas motivações contrapõem-se à análise dos rótulos de produtos sem glúten industrializados que, apesar de estarem em conformidade com a LF 10.674/2003, são produtos, em sua maioria, ricos em carboidratos, com elevada densidade energética e sódio, cujos preços variam de 2 a 16 vezes mais que os produtos tradicionais similares. Grande parte das informações obtidas pelos participantes advém de meios virtuais como a internet e redes sociais, que promovem informação equivocada por meio de um marketing nutricional virtual que se aproveita de mitos envolvendo o glúten. Com os resultados dessa pesquisa, propõe-se o aumento de ações que visem informar corretamente a população brasileira sobre o assunto e o aprimoramento da legislação vigente determinando especificamente o local e o formato da informação básica sobre o glúten na rotulagem.
  • DOI: 10.11606/D.89.2019.tde-03122019-141344
  • Editor: Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP; Universidade de São Paulo; Nutrição Humana Aplicada
  • Data de publicação: 2019-09-24
  • Formato: Adobe PDF
  • Idioma: Português

Buscando em bases de dados remotas. Favor aguardar.